sexta-feira, 2 de maio de 2014

VILA NOVA DE GAIA

Cidade portuguesa na regiom de Entre-Douro-e-Minho, com 180.700 habitantes, localizada na margem sul da foz do rio Douro e pertencente à Grande Área Metropolitana do Porto.

O nome das cidades de Porto e Gaia era frequentemente referido em documentos contemporâneos como "villa de Portucale", e o condado do Reino da Galiza em torno da cidade denominado Portucalense. Este condado galego esteve na origem do posterior reino de Portugal.

Gaia, reconhecida sobretodo pola pujança agrícola, teve um papel fundamental no desenvolvimento comercial do Vinho do Porto, fixando-se nela os armazéns das diversas companhias exportadoras.


A Judiaria de Vila Nova de Gaia localizava-se num local conhecido por Alto dos Judeus, entre Gaia e Vila Nova. Era habitada por Judeus armadores de barcos, que se dedicavam ao tráfego marítimo e mantinham relações comerciais com a França e outros países. Exportavam sal, frutos secos, peixe, cortiça. Importavam pimenta, incenso, anil, veludos e outras mercadorias vindas do Próximo Oriente. Mantinham ligações com os seus correligionários do estrangeiro.

Em consequência da sua expulsom, em finais do século XVI e durante os séculos XVII e XVIII encontram-se cristãos-novos descendentes de Judeus da foz do Douro nas Terras de Santa Cruz, em São Tomé e na Angola. A presença destes na Madeira produz-se no século XV. Em Cabo Verde decorre depois dos meados do século XVI, ligado às conversões forçadas. Também, nas colónias espanholas da América do Sul intensifica-se a partir do século XVII, nalguns casos a partir do Brasil.

Sem comentários:

Enviar um comentário